[WW] Carly Rae Jepsen - V Magazine

Ir em baixo

[WW] Carly Rae Jepsen - V Magazine Empty [WW] Carly Rae Jepsen - V Magazine

Mensagem por Vinicius2001 em Qui Dez 10, 2015 12:26 am


Uma entrevista com Carly Rae Jepsen

[WW] Carly Rae Jepsen - V Magazine 21jy7fr

Durante essa manhã, a nova edição da ‘V Magazine’ chegou às lojas, Carly foi a capa dessa semana, trazendo uma breve entrevista. Segue abaixo um trecho traduzido de sua entrevista à ‘V Magazine’.
“Entrevistar Carly Rae Jepsen é como estar em um desenho animado. Talvez seja porque eu estive encontrando esse anúncio no metrô durante semanas ou porque ela esteja em um ‘floppy hat’ e um ‘Converse’ sentada com as pernas cruzadas em uma cadeira nesse café ou porque ela adia meu pedido ao garçom, me chamando de “querida”, e fazendo seu sentir que minhas bochechas fiquem solidamente avermelhadas.
Eu tendo a ficar envergonhada quando entusiasmo é natural para outras pessoas, apenas porque meu próprio entusiasmo tem que saltar por muitos obstáculos e sair por minha boca, onde será então marcado até sua morte. Por esse motivo, eu me encanto com a franqueza de outros, e então eu tive o álbum de Jepsen no repeat desde que ele saiu em junho passado.
Emotion é tudo que eu quero da música pop. É sério e intoxicante. Em meio a ousadas declarações amorosas que são admissões de insegurança, que parecem ser ainda mais audaciosas de certa maneira: “Eu falei demais?”“Você me quer também?””Você acha que eu quero demais?””Eu não vim aqui só para dançar, se você sabe o que quero dizer – você sabe o que eu quero dizer?”. Isso faz com que você queira celebrar com Jepsen quando ela consegue cortar um monologo interno a levar um cara pra sair e pegar todos, “Eu posso te mostrar o mundo”. Ela faz você querer badalar quando ela pergunta, “Problemas com garotos, quem os têm?”.

Tavi Gevinson: com o Emotion você tomou muito tempo e espaço a mais do que com o Kiss. Eu estou imaginando como isso deve ser pra você. Você se atualizava com as músicas novas? Você as desligava? Você tinha uma rotina exata?
Carly Rae Jepsen: Eu me tornei obcecada com meu trabalho. Eu acho que foi meu jeito de remover a pressão – sabendo que eu estava fazendo tudo que podia para ter a próxima aventura. Eu não ouvia muito as músicas do rádio; eu não ouço às rádios tão comumente, eu nunca as ouvi. Não porque eu não goste da música que ela toca, é apenas porque eu ouço músicas que são o oposto das que faço, é um tira-gosto ou é algo estranho sobre mim. Eu ouço músicas dos anos 40, e músicas mais tristes, mas eu desejo fazer músicas animadas. Talvez seja uma artimanha estranha, eu acho. Mas quando eu estava trabalhando no álbum, eu não ouvia muita música além das que eu criava, e então precisei de silêncio.

Tavi: Você recentemente lançou seu documentário, ‘Girls Problems’, qual foi seu principal âmbito com ele? Houve alguma motivação em especial?
Carly: Eu senti que estava devendo um pouco quanto aos direitos femininos, então aproveitei um tema que vem sendo debatido e busquei produzir o documentário. A versão completa ainda está em produção, mas deve ser lançada logo.

Tavi:Versão completa? Como assim?
Carly: Um documentário com pouco mais de 40 segundos seria muito pouco. Eu ainda estou terminando a versão completa, que deve ter aproximadamente 13 minutos. Além de retratar um âmbito muito mais vasto.

Tavi:Muito obrigado, Carly por nos conceder essa entrevista maravilhosa. Gostaria de falar mais algo?
Carly:Gostaria de convidar todos a comprar ou ouvir meus singles atuais, ‘Boy Problems’, e seu EP de Remixes, e Catch the Shade, além de assistir ao vídeo de Boy Problems e ao documentário que será lançado em meu canal.”
Vinicius2001
Vinicius2001

Mensagens : 80
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/07/2015
Idade : 28
Localização : Campo Grande, MS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum