[CLIPE] iamamiwhoami - o

Ir em baixo

[CLIPE] iamamiwhoami - o

Mensagem por TWIC em Sex Jan 22, 2016 7:21 pm

Título: o
Artista: Jonna Lee
Data de Lançamento: 07/01/2016
Gêneros: Experimental, Synthpop, Eletrônica
Duração: 6:52 minutos
Produtor: Jonna Lee, Claes Björklund
Escritor: Jonna Lee, Claes Björklund
Gravado em: TO WHOM IT MAY CONCERN RECORDS

A continuação do primeiro clipe da era Bounty, "b", é lançada. "o" segue um estilo completamente diferente de "b", musicalmente falando. Com uma mudança lenta de ritmo, um ar de mistério e uma tristeza contagiante, "o" é a versão alternativa de "23.5.12.3.15.13.5-8.15.13.5.3383", a última prelude. "o" foi o primeiro single da era Bounty, e (ainda) não há uma versão radio edit. A música seria originalmente intitulada "the sound of letting go".
No clipe, é possível observar a mandrágora em uma estufa, com outras árvores em volta dela. Após ter sido usada e abusada pelos homens, a mandrágora é presa na estufa, ficando com um cone na cabeça, enquanto canta e tenta se libertar.

-

Assim como "b", "o" começa em completo silêncio. Uma árvore pode ser vista, juntamente ao gato que aparece no vídeo anterior.

A câmera se move, lentamente, até chegar na estufa. É possível ver a mandrágora no meio.


Lentamente, um zoom começa a ser dado na mandrágora. O instrumental começa, e ela se mexe, em uma tentativa de dançar.

Alguns olhos podem ser vistos nas árvores, enquanto a mandrágora dança ao fundo.

Ela começa a cantar.

"I thought I felt a spark, thought I saw a flame"

Ainda na tentativa de dançar, a mandrágora canta e se mexe cada vez mais.

"When something changed in you, who took the blame?
My plan was foolproof as I became a fortress of your heart
"

A música fica um pouco mais agitada, e a mandrágora se mexe no ritmo.

"Love, the kind that kills and scars"

Um gato pode ser visto passando por cima do cômodo.

A mandrágora vai se libertando, aos poucos.

"Will make you kneel and crawl to hell and back
The words that slit your throat
Will make you think of love as the new black, as what you lack
Love
"

Algumas luzes começam a surgir, iluminando parcialmente o cômodo.

A mandrágora consegue tirar o que estava cobrindo ela.

Ela, rapidamente, começa a mexer as mãos em volta da lâmpada, como se estivesse idolatrando sua racionalidade.

Parcialmente livre, ela volta a cantar.

"The sound of letting go a side of youth
That we all set aside, when the world was new
"

Algumas rolhas que impediam a luz de entrar, começam a cair.

A mandrágora começa a mexer suas mãos em volta de um vidro, que aparenta a ser a lâmpada quebrada.


"Under the full moon, only endless rain
And absence of your heart
"

Ela começa a dançar, de forma mais intensa, enquanto faz um jogo com as luzes e canta o refrão.

"Love, the kind that kills and scars
Will make you kneel and crawl to hell and back
"


"The words that slit your throat
Will make you think of love as the new black, as what you lack
Love
"

Os pés da mandrágora aparecem em um vaso de terra, indicando que foi nesse lugar onde ela foi plantada.

Ela encara a sua racionalidade, enquanto as luzes indicam uma certa simetria.

O instrumental permanece, e ela volta a dançar.

A estufa é mostrada, e dessa vez, inteiramente iluminada.

A câmera passa por, aparentemente, seis cabeças de mandrágoras, todas embaladas.

A mandrágora aparece livre.

Nos galhos da árvore, nota-se os frutos da mandrágora, seu cone e a lâmpada quebrada pendurados, indicando que ela, provavelmente, tenha fugido e abandonado seus bens.

LETRA:
I thought I felt a spark, thought I saw a flame
When something changed in you, who took the blame?
My plan was foolproof as I became a fortress of your heart

Love, the kind that kills and scars
Will make you kneel and crawl to hell and back
The words that slit your throat
Will make you think of love as the new black, as what you lack
Love

The sound of letting go a side of youth
That we all set aside, when the world was new
Under the full moon, only endless rain
And absence of your heart

Love, the kind that kills and scars
Will make you kneel and crawl to hell and back
The words that slit your throat
Will make you think of love as the new black, as what you lack
Love
avatar
TWIC

Mensagens : 65
Reputação : 0
Data de inscrição : 06/10/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum